Publicado por: estrelaselvagem | 14 de Maio de 2010

“Prefiro Allende a Teitelboim”

“Prefiro Allende a Teitelboim”

Com sua descontração habitual, o autor de Os Detetives Selvagens se pronuncia sobre o Prêmio Nacional de Literatura.

por Carolina Andonie Dracos

El Mercurio 10 de agosto de 2002


Em Blanes (Espanha) faz um calor sufocante, e o estúdio de Roberto Bolaño não possui ar condicionado. Este cenário torna mais tediosa a tarefa de lidar cada dia com as mil páginas que terá seu próximo romance 2666, cujo título merece “uma extenuante explicação”.

Já na contagem regressiva para a entrega do Prêmio Nacional de Literatura, ninguém se exime de colocar seu grãozinho de areia quando se trata de disputas.

Quem cala, consente.

A Roberto Bolaño o tema não incomoda, embora a crítica o considere uma das grandes vozes narrativas do momento, vencedor do Prêmio Rômulo Gallegos, que em uma ocasião assinalou: “Ficaria feliz que no Chile me quisessem e não saíssem os imbecis dizendo que não sou chileno. Nesse sentido uma boa crítica não me deixa indiferente, mas tenho a pele dura e sei aguentar os golpes”.

Contudo, o assunto da maior premiação literária nacional não lhe tira o sono.

“Não fui nomeado para o Prêmio Nacional. A verdade é que uma vez disse o que pensava de Skármeta e de Isabel Allende, como escritores. Se devo optar entre ele e ela, fico com Allende, mas esta é uma escolha entre a espada e a parede. Não me parecem candidatos muito representativos do que pode ser a literatura chilena, o que alguma vez foi ou pretende ser. Nem um nem outro fizeram grandes esforços para fazer literatura”, assegura o escritor.

“Como isto parece uma espécie de eleição em meio a uma tribo de canibais, há que se escolher o menos pior, por isso fico com Allende a ter que ficar com Volodia Teitelboim. Que obra de Teitelboim tem algum valor literário? Em vez disso, com sua atitude dogmática, era um gênio – falo do Volodia jovem – da antologia famosa, mas claro, não vai ficar a vida toda com uma obra que fez aos 20 anos.”

– Considera que este prêmio ganhou um descarado traço político?

Me parece nefasto, mas isto não é mais nada além do que gente que cospe pra cima. A única coisa que Zurita faz é alimentar um certo desprestígio, porque mereceu o Prêmio Nacional, mas sua atitude atual aponta para a de um burocrata, um funcionário, sei lá, um “fofoqueiro”. Suponho que deve ser próprio do masoquismo de Zurita, ampliadamente demonstrado.

– O que acontece com a produção?

O Prêmio Nacional não me causa nenhuma reação, não me interessa nem um pouco. Há dois grandes poetas que leio e releio: Enrique Lihn e Jorge Teillier, que não ganharam o Prêmio. Não farei nenhum lobby para que me postulem.

– Muitos críticos valorizam Os Detetives Selvagens e sua intervenção no México, onde se falava das coisas que dizia o “garoto Bolaño”.

O “garoto” Bolaño em 2003 fará 50 anos. O que vier a se dizer de minha obra no México, não me importa. Agora estão traduzindo a minha obra na França, Suíça, Alemanha, Itália e se me preocupasse com o que dissessem, deixaria de escrever. Minha última viagem foi a Paris, onde publicaram três romances meus de uma só vez, tiveram uma crítica acolhedora que eu não esperava. Apareci na capa do Suplemento Cultural do Le Monde. Me dá vergonha, pois a Hans Georg Gadamer, um intelectual que admiro, só lhe deram uma resenha.

E o que vem agora?

Este romance compridíssimo, uma obra monstruosa, que serve por tudo. Às vezes me preocupa a recepção do público, já que é um salto para o vazio, porque a aposta é muito alta. Tem que ser com uma estrutura inovadora, os argumentos são sempre os mesmos, mas a estrutura condiciona a prosódia, e isto é realmente um pesadelo.

Fonte: http://www.letras.s5.com/bolano140802.htm

Tradução de Lucas de Sena Lima

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: